KAKI-NO-TANE: OS SALGADINHOS EM FORMATO DE CARROS

on
Categories: Sem categoria

Nissan produz miniaturas comestíveis em parceria com fabricante de salgadinhos.

Muitos de vocês podem nunca ter tido a oportunidade de experimentar o kaki-no-tane, um mix de salgadinhos de arroz e amendoim que está entre os petiscos favoritos do Japão. Tendo sido aprovado para servir de alimento no espaço aos astronautas japoneses e contando com um notável legado de 99 anos de existência, este salgadinho condimentado costuma ser tema de animadas conversas entre os habitantes do país.

Foi o caso do ano de 2020, quando japoneses apaixonados por salgadinhos enlouqueceram por causa de uma pesquisa de opinião publicada no Twitter, que perguntou à nação qual seria a proporção ideal entre a quantidade de salgadinhos de arroz e amendoins na embalagem da iguaria. O resultado apontou que uma relação de 7 para 3 seria melhor do que a proporção de 6 para 4, que teria sido considerada anteriormente.

Agora, como uma montadora orgulhosa de seu status único no Japão, a Nissan trabalhou em parceria com a fabricante de alimentos Tatsuya Bussan para criar uma versão especial do célebre salgadinho no formato de miniaturas de seus carros.

Apresentando toda uma linha de modelos atuais e vintage da Nissan, como clássicos da Datsun, Skyline GT-R, além de modelos pioneiros como o 100% elétrico LEAF, o salgadinho – que recentemente ganhou embalagem nova – tem levado diversão para as salas de estar japonesas.

Isehara, na província da Kanagawa, é a região metropolitana onde estão localizadas tanto a fabricante Tatsuya Bussan como parte das instalações do Centro Tecnológico da Nissan.

A região também é famosa por causa do templo xintoísta Afuri, local de peregrinação desde tempos imemoriais, que fica a meio caminho do topo do imponente Monte Oyama, nos arredores da cidade de Isehara.

“Nossa ideia principal,” explicou Gen Sugino, membro da equipe de design responsável pelo projeto, “foi criar um produto que ao mesmo tempo simbolizasse a região e remetesse à essência da Nissan”.

A equipe da Nissan trabalhou com a Tatsuya Bussan e o Comitê de Promoção do Patrimônio Histórico da Cidade de Isehara que, juntos, tiveram a ideia de criar 23 miniaturas diferentes de carros da Nissan com os salgadinhos de arroz.

Acondicionadas em uma embalagem exclusiva em formato de latinha, criada especialmente para ser encaixada no porta-copos do carro, elas ainda incluem um salgadinho no formato do Monte Oyama, para dar um toque a mais do sabor local.

“O que mais me impressionou neste projeto”, declarou Toru Matsuo, representante da Secretaria de Turismo da Cidade de Isehara, “é que todos na equipe da Nissan se mostraram bastante motivados para criar algo incrível”.

“Esse entusiasmo não apenas despertou muito interesse no projeto, mas também serviu de inspiração para que nós, no governo da cidade, tivéssemos nossas próprias ideias inovadoras. Essa troca de ideias teve um impacto real em nosso trabalho”.

As latas de salgadinhos kaki-no-tane da Nissan são comercializadas desde 2020, tendo se tornado um dos itens queridinhos da Nissan Gallery, na matriz da empresa em Yokohama, e do comércio local, sendo também vendidas diretamente pela Tatsuya Bussan.

Apenas 10.000 latinhas foram produzidas inicialmente, mas em fevereiro deste ano, as vendas já ultrapassaram a marca das 380.000 unidades.

“Praticamente qualquer pessoa no Japão já experimentou o kaki-no-tane“, argumentou Noriyuki Takahashi, da Tatsuya Bussan. “Mas será que todo mundo já experimentou o kaki-no-tane em formato de carro? Este salgadinho nos convida a imaginar 23 modelos conhecidos da Nissan dando uma volta em torno da base do Monte Oyama. Fica fácil entender por que o kaki-no-tane da Nissan é tão famoso”!

A precisão visual dos salgadinhos em formato de carros da Nissan já é uma grande atração por si só.
Para chegar a este resultado, os designers e engenheiros da Nissan levaram em conta detalhes sutis de cada modelo, desde o formato das rodas até o posicionamento dos espóilers.

O processo de cozimento da massa feita com farinha de arroz também serviu para alimentar a criatividade das equipes de engenharia e design.

Eles perceberam que as miniaturas em formato de carro ficavam distorcidas conforme a massa cresce, o que os obrigou a adaptar o projeto para levar em conta tais mudanças.

O resultado foi uma peça de maquinário conhecida como “molde”, que pressiona e corta a massa de kaki-no-tane.

No passado, apenas um número limitado de artesãos tinha condições de produzir um molde adequado ao formato do kaki-no-tane, que literalmente significa semente de caqui em japonês.

De acordo com uma lenda urbana, o criador do kaki-no-tane teria inventado o produto depois de ter pisado acidentalmente no molde e alterado o formato circular do salgadinho de arroz, em 1923.

Ele ficou encantado pelos salgadinhos produzidos pelo molde em formato de crescente, que remetem às sementes de caqui. E percebeu que, apesar da simplicidade, sua invenção acidental poderia ter um grande impacto no mundo dos salgadinhos no Japão.

Quase um século depois, o Japão ainda se rende aos encantos do kaki-no-tane.

“Esta história nos serviu de inspiração”, comentou Sugino, da equipe de design da Nissan. “Queríamos criar um ambiente com nossos parceiros locais no qual a arte da manufatura tradicional e a cultura alimentar se fundissem em um design inovador da Nissan. O resultado foi o kaki-no-tane. Ao saboreá-lo, podemos realmente sentir a emoção e o senso de conexão despertados no desenvolvimento deste projeto”.

POR: JOKA FINARDI
FONTE: SUPER TOP MOTOR

TAGS:

gastronomiajapaokaki-no-tanenissannoticianoticias automobilisticassalgadinhossuper top motorsupertopmotor