Luxuoso Classe S fica mais equipado sem motor elétrico

on
Categories: Notícias, Últimos Lançamentos

Diferente de tendências como os motores elétricos usados no EQC, a Mercedes apresentou na Europa esta semana o novo Classe S W223, uma nova geração mais moderna e conectada do luxuoso sedã.

Apesar de moderna não há variante elétrica e sim dois motores tradicionais. Os seis cilindros 3,0 litros de 435cv e 53kgfm de torque a partir de 1.600rpm ou o V8 biturbo de 503cv e expressivos 71,3kgfm de torque a partir de 2.000rpm. Os motores trabalham com o sistema híbrido leve EQ Boost com um gerador que funciona acoplado ao alternador e que recupera energia do motor economizando combustível como em modelos de entrada da marca como o Classe C. O câmbio da novidade é o 9G-TRONIC de nove velocidades com tração integral.

O estilo é alongado e esguio, com detalhes mais integrados ao conjunto do carro. Com coeficiente de 0,22 aerodinâmico o novo Classe S ficou maior na atual geração mesmo preservando seu visual classudo. Os faróis contam com sistema de LED inteligente, grade e outros detalhes estão mais integrados ao formato da carroceria que parece mais afilada.

Entre as tecnologias traz controle de cruzeiro adaptativo, que atua inclusive em curvas e desníveis de forma inteligente, GPS, comunicação com outros veículos e leitura de placas, suspensão com sistema E-Active, Head-Up Display com uma série de informações projetadas na tela e sistema MBUX de inteligência artificial capaz de entender até 27 idiomas. Na Europa as entregas começam este ano e em 2021 ele chega a outros mercados como Estados Unidos e Ásia.

Fonte: Autoshow