Conheça 15 museus de carros incríveis para conhecer virtualmente

on
Categories: Curiosidades
Museo Lamborghini em Sant’Agata Bolognese, Itália

Com a maior parte do país em quarentena e muitos lugares do mundo fechados por conta do coronavírus (Covid-19), muitas atrações estão inacessíveis para visitantes. Parques, shoppings e até museus automotivos pararam suas atividades temporariamente em uma medida para combater a pandemia.

O Honda Collection Hall em Motegi (Japão) é o lar de tudo relacionado à Honda – não apenas seus carros. Bicicletas, modelos, produtos da Honda Energy, robôs e muito mais. O tour virtual pelo Google Maps explora todos os cantos do museu, mostrando toda a história da empresa.

Já em Hiroshima (Japão), o Mazda Museum permite os visitantes a andar virtualmente pelos corredores do museu da marca. Tem desde clássicos da empresa aos mais modernos e até uma exibição enorme dedicada aos motores da empresa, incluindo os famosos rotativos Wankel que equiparam a linha RX-7, RX-8 e outros.

O Mercedes-Benz Museum em Stuttgart é uma das coleções de carro mais impressionantes do mundo. E enquanto o Google Maps não nos deixa visitar o espaço todo, há muitos pontos com visão em 360° para ver alguns dos melhores carros de produção, corrida e conceitos que a empresa já fez.

Aqui está uma sugestão: dê uma volta pelo caminho cimentado em volta do McLaren Technology Centre antes de entrar no deslumbrante prédio da fabricante. Lá dentro há uma impressionante coleção de carros de corrida clássicos e modelos que custam milhões de reais (um P1 te dá as boas-vindas na porta do museu), fazendo com que o passeio online pelo quartel-general da McLaren seja obrigatório para qualquer fã de carros.

O Museo Ferrari, na sede da fabricante em Maranello, não oferece uma experiência tão extensiva quanto alguns outros museus desta lista. Ainda assim, é a Ferrari, então veremos alguns dos carros de corrida e de rua mais icônicos que ela já produziu, desde o modelo usado por Michael Schumacher na Fórmula 1 até o ridículo LaFerrari FXX-K.

O Museo Horacio Pagani é um dos menores da lista, mas é o único lugar do mundo onde podemos ter uma visão 360° de vários modelos milionários da marca ao mesmo tempo. Tem versões iniciais do Zonda, protótipos do Huayra e até réplicas de pedalar.

Gostaria de ver modelos clássicos da Lamborghini como o Miura ou carros únicos como o Estoque? O Museo Lamborghini em Sant’Agata Bolognese, bem perto da sede da empresa, tem uma coleção incrível de esportivos extremamente raros. E você pode explorar o museu inteiro pelo Google Maps.

O National Corvette Museum é o paraíso para os fãs do modelo da Chevrolet. O museu abriu as portas no começo dos anos 1990, mas o chão desabou em 2014. Apenas alguns meses depois do acidente, ele voltou a receber visitantes e até exibe alguns dos carros que afundaram com o chão.

Ok, então o Google Maps não oferece um tour completo no pequeno museu da Panoz em Hoschton, mas ao menos mostra um pouco dos carros que a pequena fabricante já fez, como um Avezzano, um Esperante GTR-1 e vários modelos de corrida.

O Petersen Automotive Museum é um dos ícones da cultura automotiva de Los Angeles, funcionando desde 1994. Atualmente, o prédio enorme tem mais de 300 veículos, clássicos e modernos, além de dezenas de outras coisas como motores, livros, fotografias e até filmes.

O Porsche Museum, perto da sede da marca em Stuttgart, é um dos melhores museus da lista e costuma ter uma exibição que muda de tempos em tempos, sempre com um tema específico, como carros de corrida ou os clássicos da empresa. É normal ver desde os primeiros carros da fabricante, feitos no começo do século passado, até conceitos mais atuais.

Localizado em Mladá Boleslav, o Skoda Museum permite explorar os 100 anos de história da fabricante. Remodelado e reaberto em 2012, o complexo conta com muitos veículos históricos, bicicletas e memorabilia. A única coisa que fica de fora do passeio virtual são as visitas ao local de nascimento de Ferdinand Porsche, o fundador da Porsche.

O Toyota Automobile Museum é o local para os fãs da Toyota conhecerem toda a sua história. Ele é dividido em zonas dedicadas, todas disponíveis pelo Google Maps, permitindo explorar a marca desde sua criação, começando com o Model AA lançado em 1936 e terminando com modelos com combustíveis alternativos, como o Mirai abastecido com hidrogênio.

Caso o frio congelante de Gotemburgo não te anime muito para viajar para a Suécia, ainda assim você pode ver o Volvo Museum. Não é o ideal, já que ele não tem um tour completo pelo museu, mas tem fotos em 360° o suficiente para aproveitar bastante os modelos exibidos.

Fonte: Motor 1/UOL